TSE lança aplicativo que permite ao eleitor votar com documento digital

Para acessar o documento digital, o eleitor deverá baixar o aplicativo que já está disponível no Google Play e, em até dez dias, estará também na App Store.

A ferramenta auxiliará o eleitor

A partir de agora, os eleitores terão acesso a uma nova ferramenta: o aplicativo e-Título. A plataforma permitirá ao eleitor votar com documento digital, possibilitando acesso, via smartphone ou tablet, à versão digital do título eleitoral . A iniciativa é do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) que foi incorporada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e será adotada em todo o país.

O  e-Título constitui uma alternativa à emissão de títulos em papel e trará mais economia na dados eleitorais com segurança e disponibilidade, diminuindo os riscos de extravios e danos ao título de eleitor.Para acessar o documento digital, o eleitor deverá baixar o aplicativo que já está disponível no Google Play e, em até dez dias, estará também na App Store.

Ao inserir o número do  título, seu nome, o dos pais e a data de nascimento no aplicativo, o eleitor terá seu e-Título validado e liberado. Ao ser acessado pela primeira vez, o documento será gravado localmente e ficará disponível ao eleitor.

Mesmo assim, é válido ressaltar que, devido ao rezoneamento ocorrido neste ano, os eleitores que votam no Gama Leste e em Brazlândia deverão trocar seus títulos eleitorais.  Isso ocorre porque a competência das Zonas Eleitorais dessas regiões foi alterada com vistas à otimização dos serviços.

Assim, a partir de 2018, os eleitores do Gama Leste passarão a fazer parte da 17ª Zona Eleitoral, localizada no Gama. Aqueles que votam em Brazlândia, por sua vez, passarão a integrar a 16ª Zona Eleitoral, localizada na Ceilândia. Vale ressaltar, ainda, que, embora seja necessária a substituição do Título de Eleitor para que seja alterada a Zona Eleitoral o número de seção e o local de votação continuam os mesmos. Para a retirada do novo título, é necessário comparecer ao novo posto eleitoral, portando um documento de identificação oficial para a troca do título de eleitor. A emissão de novos títulos pode ser feita até 150 dias antes da data da próxima eleição.

 

Últimas notícias postadas

Recentes