24 de abril de 2013 - 18h00
Mais informações sobre o conteúdo Impressão
Urna e leitor biométrico
Mais de 90 mil eleitores do DF já estão aptos a utilizar urna biométrica

Com prazo para biometria até março de 2014, TRE-DF já recadastrou mais de 93 mil

O atendimento a eleitores do Distrito Federal pelo novo sistema de cadastro biométrico atingiu a marca de 109 mil 40 pessoas. Do total, 93 mil 176 correspondem ao recadastramento que terá continuidade até março de 2014. Isso porque, diferente dos demais locais do país, na capital não ocorreu eleição. Portanto, o eleitor do DF não está sujeito ao prazo de regularização na Justiça Eleitoral que se encerra amanhã, quinta-feira (25/4), direcionado àqueles moram em locais onde ocorreram eleições em 2012.

Até o momento, o percentual de eleitores recadastrados é de 5% do atual cadastro da Justiça Eleitoral do DF, que conta com um eleitorado de 1 milhão 863 mil 129 pessoas. No que diz respeito apenas ao recadastramento, já compareceram aos cartórios e postos de atendimentos da Justiça Eleitoral 93 mil 176. Além destes, aqueles que tiraram o título pela primeira vez são um total de 9 mil 116 pessoas. Há, ainda, um contingente de 6 mil 748 pessoas que solicitaram a transferência de título para a capital federal.

Por não estar sujeito ao prazo que se finaliza nesta quinta-feira, o eleitor de Brasília pode solicitar vaga para realizar o cadastramento biométrico - gratuito e obrigatório - sem pressa, já que o prazo se estende até 2014. Para atender toda a demanda, o TRE-DF aumentou sua força de trabalho e tem procurado ampliar as possibilidades de agendamento. Em especial nos locais cuja procura é intensa, a exemplo de Asa Sul e Asa Norte.

Algumas zonas eleitorais se destacam em relação aos atendimentos realizados desde o início da campanha da biometria, em 25 de fevereiro. São elas a 19ª Zona Eleitoral (Taguatinga Norte e Vicente Pires), com 5834 recadastramentos; a Central de Atendimento de Ceilândia (8ª e 12ª ZE), com 5719, e a 5ª ZE (Sobradinhos I e II): 5034.

O objetivo do recadastramento biométrico é tornar as eleições, a partir de 2014, mais seguras, minimizando a possibilidade de fraude e ampliando a celeridade do processo de votação. Outro objetivo é atualizar o cadastro de eleitores, já que o último recadastramento foi feito em 1986.

Para evitar sobressaltos de últimos momentos, os eleitores podem pleitear suas vagas clicando aqui ou pelo telefone 3048-4000.