TSE lança Programa de Enfrentamento à Desinformação

O objetivo é combater os efeitos negativos provocados pela desinformação

TSE lança Programa de Enfrentamento à Desinformação

Nesta tarde (30), a Presidente do TRE-DF, Desembargadora Carmelita Brasil, participa do lançamento do Programa de Enfrentamento à Desinformação com Foco nas Eleições 2020. Iniciado às 14h30 no Tribunal Superior Eleitoral, o evento conta com a participação da  Procuradora-Geral da República Raquel Dodge, e reúne autoridades dos Poderes Judiciário, Executivo e Legislativo.

Na abertura da solenidade, a Presidente do TSE, Ministra Rosa Weber, falou sobre as medidas tomadas pela Justiça Eleitoral em combate à desinformação nas eleições de 2018: “Verificou-se um direcionamento de ataques maciços à própria Justiça Eleitoral com a divulgação em larga escala de notícias falsas com o claro objetivo de desacreditar a instituição e seus integrantes, colocando sob suspeita o sistema eletrônico de votação. Diante desse quadro, a Justiça Eleitoral promoveu ações voltadas a desmentir as notícias falsas, ampliando a divulgação sobre o funcionamento das urnas eletrônicas”.

A Presidente do TSE ressaltou, ainda, a celeridade do Tribunal durante as eleições de 2018 no julgamento de processos relativos à propaganda eleitoral que versaram especificamente sobre desinformação: “Foram decididos monocraticamente, em menos de dois dias, em média, pelos juízes da propaganda”.

No pleito do ano passado, o TSE lançou uma página com o objetivo de esclarecer o eleitorado brasileiro a respeito das informações falsas que foram disseminadas pelas redes sociais. Além desta medida, a Corte realizou diversas reuniões e seminários com a participação de especialistas nacionais e internacionais para compreender e acompanhar o fenômeno da desinformação no Brasil e no mundo.

Ao final do evento, o Tribunal Superior Eleitoral lançou um hotsite específico do Programa de Enfrentamento à Desinformação com Foco nas Eleições 2020. Para acessá-lo, clique aqui

Últimas notícias postadas

Recentes

Vem aí: Semana do Jovem Eleitor

Serão cinco dias voltados para sensibilizar os jovens de 16 e 17 anos sobre a importância de sua participação na escolha de seus representantes políticos.