Corregedoria do TREDF tem proposta selecionada para a 1ª edição do Selo de Boa Prática do TSE

O evento será transmitido pelos canais do TSE na Internet.

Soluções compartilhadas - Boas práticas 2021 - 03.05.2021

O Alinhamento de Gestão de Autoridades Judiciárias e de Chefias dos Cartórios Eleitorais do Distrito Federal foi selecionado para o recebimento do Selo de Boa Prática da Corregedoria-Geral Eleitoral (CGE) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A premiação acontecerá no dia 25 de outubro, às 16 horas, na Sede do TSE e poderá ser acompanhada virtualmente nos canais do TSE na Internet. A descrição mais detalhada de cada proposta constará do Portal de Boas Práticas da CGE na internet.

Sobre o Portal e o Selo de Boas Práticas
Instituídos no dia 23 de abril de 2021 pela Corregedoria-Geral Eleitoral do TSE, o Portal e o Selo de boas práticas têm como objetivo ampliar a difusão do conhecimento no âmbito das corregedorias regionais e disseminar iniciativas inovadoras, em busca da melhoria da gestão e da prestação jurisdicional.
O Portal constitui um ambiente virtual voltado ao registro e divulgação de práticas de sucesso passíveis de serem replicadas e que podem servir de modelo para a gestão das Corregedorias Regionais. Assim, as iniciativas selecionadas para publicação no Portal serão automaticamente condecoradas com o Selo de Boa Prática CGE/TSE, como forma de reconhecimento e valorização do aprimoramento dos serviços judiciais.
Concedido anualmente, o Selo de Boa Prática não define nenhuma ordem de classificação entre as práticas escolhidas e será entregue pela primeira vez neste ano.
Idealizador da iniciativa, o Corregedor-Geral da Justiça Eleitoral, Ministro Luis Felipe Salomão, afirmou que a criação do Portal e a instituição do Selo servirão de estímulo à integração e ao compartilhamento de experiências de sucesso entre as Corregedorias Regionais Eleitorais. Enfatizou, ainda, que as boas práticas poderão ser adotadas até mesmo por outros ramos e órgãos da Justiça, já que as iniciativas escolhidas serão permanentemente disponibilizadas em plataforma acessível ao público em geral.

Sobre a Proposta do TREDF
Em síntese, o Alinhamento de Gestão de Autoridades Judiciárias e de Chefias dos Cartórios Eleitorais do Distrito Federal consiste na prática adotada pelas Chefias de Cartório da Justiça Eleitoral do Distrito Federal que apresentam relatórios padronizados às Autoridades Judiciárias Eleitorais sobre o cartório eleitoral (abrangência, seções eleitorais, acessibilidade), acervo processual, humano e de sistemas informatizados (incluindo quais servidores têm acesso a quais sistemas).
Os beneficiários da proposta são as Autoridades Judiciárias, os Cartórios Eleitorais e, consequentemente, as eleitoras e os eleitores à medida em que a organização da gestão do cartório eleitoral reflete em uma prestação jurisdicional e administrativa mais eficiente.
Na metodologia adotada, todas as Chefias de Cartório, no prazo máximo de 10 (dez) dias após a assunção da Magistrada ou Magistrado na titularidade do Juízo, apresentam informação e relatórios contendo os aspectos mais relevantes da respectiva Zonas Eleitoral a fim de particularizar cada detalhe desta Justiça Especializada.

Propostas Selecionadas em 2021
Na edição de 2021, além da proposta do TREDF, serão contempladas com o Selo os seguintes projetos: WikiCRE – Programa de Gestão do Conhecimento da Corregedoria (CRE/GO); CONASE - Controle de ASEs lançados (CRE/MS); Sinalização Acessível das Alterações de Documentos (CRE/RJ); Entendendo Direitos Políticos (CRE/RJ) e Inspeção Virtual Multidisciplinar (CRE/SP).

Últimas notícias postadas

Recentes